Vender serviços na internet de um jeito simples e prático!

Hamilton Salem Instagram
Hamilton Salem
05 de fevereiro de 2021
Descubra o novo Método SALEM que te ajuda a atrair novos clientes e expandir seu negócio pela internet, sem perder mais tempo e dinheiro com coisas complexas…
Tópicos deste artigo:

Você está tentando vender serviços pela internet há um tempo, mas não consegue? Está chegando agora nesse universo e não sabe direito por onde começar? Sente que esse mercado é complexo?

No texto de hoje, eu vou lhe mostrar como você pode vender serviços pela internet de um jeito simples. Quando você entender essa estrutura e a dinâmica das redes, você vai começar a vender recorrentemente e sem sofrer.

Que tipo de serviço você vende?

A primeira coisa que você precisa ter em mente é que existem dois tipos de serviço que podem ser vendidos. Basicamente todos os negócios que prestam serviços podem se encaixar nessas categorias.

A primeira é na de serviços commodity. Esses serviços são aqueles que podem ser feitos de um jeito muito próximo de uma empresa pra outra. As empresas prestadoras de serviço, como limpeza, segurança, desentupidora, portaria etc. se encaixam aqui.

A segunda é a de serviços que precisam de um pouco mais de dedicação e detalhamento do que será feito. São serviços mais customizados e personalizados, como arquitetura, fotografia, engenharia etc.

Olhe pro seu negócio e entenda em qual dessas duas categorias o seu negócio se encaixa. E saiba que, mesmo se o seu negócio se encaixar mais no modelo de commodity, você pode usar essa estrutura pra se destacar da concorrência e aumentar suas vendas.

A estrutura pra vender serviços

Ao contrário de produtos que as pessoas simplesmente publicam e ofertam preço para vender, a prestação de serviços depende de um pouco mais de cuidado na venda. Porque você precisa mostrar que é algo único e especial para seu cliente.

Para fazer isso, a primeira parte é entender qual sua estrutura de vendas. E a sua estrutura deve se basear nesses três pilares:

  • Problema – Saber qual a dor que o seu cliente sente. Existem alguns problemas que o seu cliente busca a solução e que você pode oferecer. Pode ser desde algo muito prático, como diminuir a rotatividade de porteiros trabalhando num prédio, até algo mais imperceptível, como ter uma casa mais segura para animais de estimação, por exemplo.
  • Mensagem – Você vai se comunicar com seu cliente, que sente essa dor, através de algumas mensagens, mas precisa saber qual a mensagem que vai usar. Quais os termos que ele usa? Prefere foto, vídeo, texto ou áudio? Quais são as redes sociais que seu cliente está?
  • Oferta – A oferta é como você mostra seu produto, apresenta o preço e convence seu cliente a comprar. Mas ela não pode ficar só nisso. Você precisa explicar porque você é a melhor opção. Um ponto importante é que falar de “qualidade”, “experiência” etc. na oferta pouco aumenta suas vendas. As pessoas querem saber se você vai resolver seus problemas.

Automação da venda de serviços

Depois que você monta essa estrutura de venda de serviços, você pode usar o que a internet tem de melhor pra oferecer pro seu negócio: a automação!

Você não precisa fazer todos esses passos individualmente com cada potencial cliente. Muito pelo contrário, você pode construir um processo completamente automatizado que vai simplificar ainda mais o seu serviço.

Não se preocupe se você não entende da parte técnica. Existem muitas ferramentas no mercado que você pode utilizar pra automatizar seu processo com alguns cliques. Caso você não possa pagar por um destes serviços hoje, você pode fazer isso de um jeito menos automatizado usando Whatsapp, Telegram etc., mas sempre mantendo essa estrutura.

E essa automação conta com três etapas que eu vou lhe explicar.

Leads

A primeira parte da automação pra vender serviços é a captação de leads. Pode parecer um nome difícil, mas não é nada mais do que transformar um curioso em uma pessoa interessada pelo que você tem a falar.

O objetivo é levar as pessoas que estão na internet e possam se interessar pelo seu trabalho pra um ambiente que você tenha controle, como site, Whatsapp, lista de e-mails etc.

Engagement

Quando você consegue transformar esse curioso em lead, o próximo passo é transformar um lead em prospecto. E essa fase é o Engagement.

Nas vendas tradicionais, fazíamos chamávamos a atenção e logo fazíamos uma oferta, mas hoje precisamos pensar de uma nova maneira. Antes da oferta é preciso interagir, educar e se aproximar desse potencial cliente. Transformar num prospecto, que é alguém com intenção de compra.

Monetization

Ao final desse processo de Engagement vem o Monetization. Agora sim o seu prospecto está preparado pra comprar e apenas esperando que você faça uma oferta tentadora.

Você vai fazer a sua oferta. Aquela estrutura de vender serviços que você montou antes de começar a automação é o que vai ser usado aqui para vender o serviço pra um cliente altamente engajado e qualificado.

Conheça o novo e inovador método SALEM que gera novos clientes todos os dias, independente do seu serviço, preço ou mercado…

COMPARTILHE ESTE ARTIGO

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Hamilton Salem Instagram
Hamilton Salem

Ajudo empreendedores a performarem melhor, com estratégias de Marketing & Vendas específicas para trazer autoridade, reconhecimento e mais vendas.

você vai gostar também

JUNTE-SE A NÓS!
Descubra como o Método SALEM te ajuda a atrair novos clientes e expandir seu negócio pela internet, sem perder mais tempo e dinheiro com coisas complexas…
Hamilton Salem

Descubra como o Método SALEM te ajuda a atrair novos clientes e expandir seu negócio pela internet, sem perder mais tempo e dinheiro com coisas complexas... cadastre-se!